quinta-feira, junho 22, 2006

Desabafo...


Estou só e ao contrário de "mais vale só do que mal acompanhada" entro com "A solidão é a felicidade dos ricos", e por uma simetria de situações é de se concluir que a solidão vai ser a desgraça dos mendigos...
E os verdadeiros "mendigos de espirito" são aqueles que não aproveitam a felicidade e a desperdiçam por meros acasos...
Apetece-me correr atrás de alguma coisa que se perdeu, de algum sentimento que se dessipou e voltar a descobrir significados de maravilhas que já me passaram ao lado...
Mas não encontro a meta para esta maratona, não consigo perceber onde haverá um limite e correr por mero gozo, faz-me mal à paciência...
O comudismo invade-me... e o único se não que lhe dou é.....


"Volta!!!"

sábado, junho 10, 2006

****


Nem sempre é facil atingir a felicidade, e as vezes, por mais que a procuremos há sempre alguma coisa que nos empata. A atração nunca vem sozinha e normalmente traz dor misturada consigo, a verdade é que por mais que não nos sintamos indifrentes e que o desejo seja mais forte há sempre uma barreira entre nós. E como essa barreira se tornou muito superior, o mais correcto é desistirmos de nós proprios e lutarmos por uma nova felicidade, por um outro alguém que vá com a nossa fronha e nos dê mais uma oportunidade para atingir a dor da felicidade.
And....

If you give up now, who's gonna loose??

Bjinhos muitos e portem-se mal.....
"Peace and Love"
loooliux

segunda-feira, junho 05, 2006

O meu olho chora...

O meu olho chora, chora e não para. Pergunto para mim mesma se não há um lado metaforico no seu tanto chorar, será que por de trás de tanto choro não há nada que o faça parar.
O meu olho chora e não pensa em parar, será que recorda o passado e tenta adivinhar o futuro??Mas nada por detrás disso faz com que ele tanto chore. O passado passou e o futuro constroí-se para que seja risonho.
O meu olho chora chora e não quer parar, tudo a minha volta estanca em prol do seu tanto chorar.
Chego a casa e ele chora chora e eu, na minha timída dor digo para a minha mãe, que o meu olho chora chora e nao tenta parar, minha mãe na sua enorme aflição responde... "Se calhar é uma conjuntivite"......


Agora fora de brincadeiras.. acreditam q ele não para mesmo?? E é daquelas dores mesmo fortes temperadas com um enorme ardor... Será que a minha mãe tem razão??

P.S. Outra suposta teoria.. o meu olho chora chora e tu já mandavas uma msg não???

sábado, junho 03, 2006

A vida dá voltas tão grandes e tão complicadas que torna-se quase impossível acreditarmos que tantos sentimentos possam passar por nós num espaço tão escaço de tempo.
O importante é acreditarmos que a mudança vai ser sempre para melhor e que não é assim tão relevante o nosso passado. Afinal, se ele passa tão depressa é porque é facil esquece-lo e partir para uma nova fase.
A época da mudança é dura, e doí realmente aqueles que viveram intensamente um "lá trás" tão bom, mas neste futuro é fácil acreditarmos que se há oportunidade para entrar num novo estado, é porque eles nos vai trazer algo de muito gratificante.
O mais dificil da história chega ainda quando, se instala um novo período de crise e se reflete se a mudança foi assim tão boa...
Pois é amiguinhos, cá para mim isto tudo depende é da psicologia de cada pessoa, nada nos impede de mudarmos as nossas ideias, e não há nada que garanta que as nossas crenças de hoje sejam as mesmas do nosso amanhã. Logo que a consciencia não pese, e não nos arrependamos por razões meramente estúpidas, a mudança e a estabilidade têm valores opostos mediante o espirito de cada um dos nossos dias.

Logo, se não te aptecer mudar hoje, vais ver que queres mudar amanhã e nada te vai impedir de o fazer, basta acreditares em ti!!!=)

/para todos aqueles que tal como "nós" têm necessidade de mudança e que nos momentos maus não acreditam nela, mas quando realmente mudam não querem outra coisa!!!!/